Sanchas (Lactatus deliciosus)

Atualizado: 21 de Nov de 2018

As Sanchas são uma espécie de míscaro ou cogumelo que nasce nos pinhais, junto a matéria e decomposição ou por baixo da caruma. Aparece no outono, principalmente depois das primeiras chuvas.

-Depois de colhidos, devem ser bem limpos e passado por agua corrente, para a retirada de toas as impurezas, característica que estes tubérculos apresentam, devido ao meio silvestres que são criados.


Como fazemos as sanchas aqui no Pouso.

Depois de bem lavados, reserva-se e num tacho de preferência em cobre ou pote de barro. faz-se um refogado com os seguintes ingredientes:


Banha de porco, cebola picada, alho cortado miúdo, louro e ervas aromáticas a gosto.

Corta-se umas rodelas de chouriço e de salpicão e um pequeno naco de presunto, em cubos pequenos e oga-se para dentro da panela.

Quando o refogado estiver alourado, deita-se um pouco de vinho branco do nosso, (Douro ou Dão) e depois de evaporado, junta-se as "sanchas" que estavam reservadas.


Não é necessário sal, devido a quantidade generosa de fumeiro utilizado.


Deixa-se cozer um pouco em lume brando e passado alguns pouco minutos, desliga-se o fogo. Pode-ser servido de imediato, mas, se deixar marinar neste molho por 24 horas. terá um manjar de sanchas, de incomparável sabor.


Pode no final, juntar batata cozida ou arroz, neste caso, chamado de arroz de sanchas.


Por aqui, conseguimos uma aroma extra na feitura deste prato, originado pelo uso do fogão a lenha.


Bom proveito.