Pão de Espelta Pouso da Serra

Serve para ser consumido à mesa e também para a confeção das nossas alheiras.

Pão de Espelta Pouso da Serra.


Receita.


Farinha de Espelta (200g), Polvilho Doce (210g)+Sal (q.b)+Agua (aprox.200g)+ Fermento Fresco (15g) diluído na água. Mexer tudo e deixar levedar durante 30 min.

Vai ao forno pré-aquecido por aprox. 30 min, à 180º/200º. Depois cobrir o pão com uma folha de papel vegetal/alumínio e deixar cozer mais 30 min.

Retirar e não deve ser cortado em quente, para não ficar cavernoso.

Serve para ser consumido à mesa e também para a confeção das nossas alheiras.



FARINHA DE ESPELTA: FIBRA PARA A SUA SAÚDE

A farinha de espelta tem um sabor ligeiramente doce, semelhante à noz?

E sabia que pode ser utilizada em alternativa à farinha de trigo comum e pode ser combinada com as farinhas de arroz, aveia, centeio, trigo-sarraceno ou alfarroba, em receitas de pão e pastelaria?



Os hidratos de carbono deste cereal são absorvidos mais lentamente (índice glicémico de 45 – médio) em comparação ao trigo (índice glicémico 80 – alto). Esta absorção mais lenta, devido ao seu índice glicémico mais baixo, significa que é um alimento que não eleva tão rapidamente os níveis de açúcar no sangue após o seu consumo, permitindo assim uma manutenção mais constante da glicemia (açúcar no sangue) durante o tempo.


Este facto traduz-se em benefícios para o organismo, sendo um deles a sensação de saciedade mais prolongada no tempo.


Apresenta características nutricionais semelhantes às farinhas dos restantes cereais, destacando-se no entanto o seu valor mais elevado em fibra (cerca de mais 2 g de fibra por 100 g comparativamente à farinha de trigo integral) e em proteína (mais 5 g de proteína por 100 g comparativamente à farinha de trigo integral).

O consumo deste alimento de teor elevado em fibra insolúvel ajuda a regular o trânsito intestinal.


Joana Costa, Nutricionista Jumbo. Membro da Ordem dos Nutricionistas nº2074N

A EN2 – estrada nacional 2, é via mais extensa do país, com 738,5 quilómetros e “terceira estrada mais extensa do mundo”. Liga as cidades de Chaves (km 0) a Faro, passando por: 11 distritos:  Vila Real, Viseu, Coimbra, Leiria, Castelo Branco, Santarém, Portalegre, Évora, Setúbal, Beja e Faro, 8 províncias (Trás-os-Montes e Alto Douro, Beira Alta, Beira Litoral, Beira Baixa, Ribatejo, Alto Alentejo, Baixo Alentejo e Algarve)32 municípios, 4 serras e 11 rios. 4 serras e 11 rios A Estrada Nacional Nº 2 é uma “estrada histórica, que junta a Estrada Real 5, 7, 8 e 17 e que em 1945 deu origem, no primeiro Plano Rodoviário Nacional à EN2” Passa por quatro áreas protegidas e por quatro monumentos considerados património da humanidade pela UNESCO.
rua Central,39  Custilhão 3600-270 Castro Daire  | 934 609 221  - 232 374 088 |  GPS N40º55´32.5"  O7º54´24.4"

Pouso da Serra na rota da estrada nacional 2  .                registado no INPI nº 560816           criação de J. Carvalhal 2016