Castro Daire, princesa da serra

Atualizado: 21 de Nov de 2018


Castro Daire é um município do Centro de Portugal que se localiza a cerca de trinta minutos da cidade de Viseu e a aproximadamente uma hora e meia da cidade do Porto.

A sua vila/sede situa-se a escassos minutos da A24, constituindo a principal porta de entrada, a este, para o território das Montanhas Mágicas®. Abrangendo uma área significativa da serra do Montemuro e do rio Paiva, sítios da Rede Natura 2000, o município de Castro Daire possui uma biodiversidade notável, exibindo paisagens montanhosas de grande beleza, ao longo das quatro estações do ano.


Destino de natureza, por excelência, o município convida à descoberta dos seus tesouros geológicos e das suas notáveis fauna e flora. Entre os geossítios destacam-se a Cascata da Pombeira, o Penedo do Nuno, o Penedo Pudim e o Taffoni de Faifa. O rio Paiva e o seu exuberante vale é um dos ex-libris do município. Aos mais ousados oferece as suas impetuosas águas bravas, e aos que procuram momentos de relaxamento e lazer convida-os a descobrir a sua atrativa praia fluvial, zonas de recreio e lazer e zonas de pesca.


Castro Daire é também um município com uma longa tradição termal. As propriedades terapêuticas das águas que brotam de uma falha sismo-tectónica no granito de Alva foram descobertas no tempo dos romanos, tendo começado a ser exploradas no início do século XX, com a abertura das Termas do Carvalhal.


Para além dos seus atrativos naturais, Castro Daire é um município rico em património histórico, cultural e arquitetónico. Entre os monumentos mais marcantes destacam-se a Ermida do Paiva ou Templo das Siglas, monumento românico do século XII; a Casa da Cerca, a Capela das Carrancas, o Solar dos Aguilares e a Igreja Matriz de Castro Daire, no centro da vila.


As aldeias típicas de granito, localizadas em plena serra do Montemuro, nomeadamente Campo Benfeito, Mezio, Rossão, Moura Morta e Picão, e as aldeias de xisto de Levadas, Vitoreira, Meã e Pereiró, implantadas no vale do Paiva, são espaços de excelência para a descoberta de saberes e sabores, usos, costumes e tradições, destacando-se os relacionados com o teatro, o artesanato, a gastronomia, os produtos locais, a agricultura e a pastorícia, as feiras e as romarias, e ainda os mitos e as lendas.


Seja qual for o motivo da sua visita, descubra em Castro Daire um território genuíno, fiel às suas origens e à sua identidade, repleto de surpreendentes valores naturais e culturais, ainda por explorar!


Fonte: montanhasmagicas,pt

A EN2 – estrada nacional 2, é via mais extensa do país, com 738,5 quilómetros e “terceira estrada mais extensa do mundo”. Liga as cidades de Chaves (km 0) a Faro, passando por: 11 distritos:  Vila Real, Viseu, Coimbra, Leiria, Castelo Branco, Santarém, Portalegre, Évora, Setúbal, Beja e Faro, 8 províncias (Trás-os-Montes e Alto Douro, Beira Alta, Beira Litoral, Beira Baixa, Ribatejo, Alto Alentejo, Baixo Alentejo e Algarve)32 municípios, 4 serras e 11 rios. 4 serras e 11 rios A Estrada Nacional Nº 2 é uma “estrada histórica, que junta a Estrada Real 5, 7, 8 e 17 e que em 1945 deu origem, no primeiro Plano Rodoviário Nacional à EN2” Passa por quatro áreas protegidas e por quatro monumentos considerados património da humanidade pela UNESCO.
rua Central,39  Custilhão 3600-270 Castro Daire  | 934 609 221  - 232 374 088 |  GPS N40º55´32.5"  O7º54´24.4"

Pouso da Serra na rota da estrada nacional 2  .                registado no INPI nº 560816           criação de J. Carvalhal 2016