voltar.png

Escrituras, Testamentos, Inventarios de Menores, Dotes de Casamento e Eclesiástico, Processos da Inquisição, ...

     .

     As informações  constantes nos registos paroquias vitais como: batismo, casamento  e óbito, nem sempre eram condizentes entre si durante o distanciamento das datas em que eram realizados. Nos atos de batismo apenas constava o primeiro nome, o sobrenome surgia mais tarde, se fosse o caso, no documento de casamento, ou no de óbito. ´Esses registos seriam mais ou menos completas de acordo com o grau de importância social da pessoa.

   Caso professasse outro credo religioso ou se não tivesse nenhum, poderia passar a vida inteira sem um registo ou documento identificativo, salvo de algum ato praticado, tivesse a intervenção judicial.

     A partir de 1932, através do Dec. Lei de 16 de maio, o registo civil passa a deixar de ser efetuado apenas por instituições não religiosas e chama para si tal tarefa.

     A margem desses registos paroquiais, existem outros documentos que oferecem uma maior proximidade com a realidade passada, como os testamentos notariais ou vocais, as diligencias para habilitação do Santo Ofício, habilitação para ordens militares , ordens sacras, escrituras de dotes eclesiástico, e outros.

    Em baixo, insere-se um rol com documentos de órgãos representativos da sociedade á data, relacionados com naturais e moradores deste povo do Custilhão ou unidas por vínculos genéticos e  outras relações sociais como casamento..

     Todas as informações contidas nestas paginas do povo do Custilhão,  foram obtidas á partir de consultas efetuadas em documentos existentes nos arquivos regionais, distritais e nacionais como ADVIS e Torre do Tombo e também em sites genealógicos como https://geneall.net/pt/ , https://www.familysearch.org/pt/ e outros. Sempre que possível, a citação da informação terá o endereço ou o arquivo para consulta on line.

     Caso encontre alguma incorreção ou queira prestar uma informação, por favor entre em contato.