Sistema Integrado do Pouso da Serra

AQUAPONIA POUSO DA SERRA
Video Explicativo do nosso sistema de aquaponia

Definição

     O sistema Integrado do Pouso da Serra, com uma pequena dimensão de área de cultivo, funciona em duas vertentes distintas.

     A primeira, é o abastecimento das necessidades do Pouso da Serra, enquanto hospedagem rural e da família residente.

     A segunda, mais técnica, dedica-se a um tipo de trabalho de “laboratório”, com o propósito de acompanhar o desenvolvimento e adaptação de várias espécies de arvores frutíferas e outras, neste tipo de sistema integrado, tendo em conta as estações do ano e os efeitos climatéricos, em ambiente semi protegido de produção.

 

Descrição do Sistema Integrado

     Sistema Integrado do Pouso, significa três sistemas consorciados de produção vegetal e piscícola, onde;

  1. O Sistema aquaponico produz os nutrientes necessários para o seu próprio sistema e para o sistema hidropónico.

  2. Por sua vez o sistema hidropónico, funciona com a adição de nutrientes, mais os nutrientes que recebe do sistema aquaponico.

  3. A horta natural, não utiliza qualquer tipo de adubo orgânico ou químico, apenas utiliza os nutrientes recebidos do sistema hidropónico.

 

Modus Operandi

     O sistema aquaponico (criação de peixes e vegetais, no mesmo ambiente), abastece os nutrientes necessários para o sistema hidropónico, autónomo deste, instalado em cota mais baixa, por gravidade, através de TPA (Troca Parcial de Água), de três a três dias, aproximadamente.

Por sua vez, este sistema autónomo hidropónico, também através de TPA e por gravidade, abastece a horta natural do Pouso, dos nutrientes necessários para a produção vegetal, por fertirrigação, com o auxílio de um sistema “venturi”.

 

Objetivo

     Agricultura Natural – Método oposto a agricultura industrializada

          A meta do Pouso da Serra, na utilização de nutrientes naturais e combate e prevenção de doenças e pragas sem o uso de agro químicos, segue os princípios da Agricultura Natural.
Também utilizamos a sementeira direta, a não-monda, e a consorciação de culturas, práticas sustentáveis, com base nos princípios da permacultura.

Produção Vegetal do Sistema Aquaponico + Sistema  Hidroponico Autónomo + Horta Natural
 

AQUAPONIA POUSO DA SERRA

Aquaponia = qualidade de vida e produção de alimentos saudáveis de forma eficiente.

Folheto Explicativo Básico 

FONTES E CITAÇÕES

O conteúdo existente em “Aquaponia do Pouso da Serra” ou em “Sistema Integrado do Pouso da Serra”, tem como base de consulta, os seguintes autores ou obras ou postagens na Internet.

 

1- Apontamentos particulares e cedidos por colegas, do curso de Hidroponia, da UAb-Universidade Aberta -2013

2- Canastra, I. (2017). Aquaponia: Construção de um sistema de aquaponia a uma escala modelo e elaboração de um manual didático. Faculdade de ciências da Universidade do Porto.

Nota informativa deste site, sobre esta obra :Um manual bem atual, não só para iniciantes, como também para consulta técnica permanente, por todos os praticantes de sistemas aquapónicos.

3- www.facebook.com/AquaponicsPortugal - João Vidal Lemos

4- www.facebook.com/AdalbertoMPereira 

5- www.groho.pt/page/tudo-sobre-aquaponia

Vídeos Técnicos no youtube

6- Aquaponia Coyote – Paulo Pinto    www.facebook.com/AquaponiaCoyote/

7- Econós aquaponia e sustentabilidade – Luciano da Econos    www.facebook.com/ECONOS/

8- Aquaponia MS – Leandro Laureti    www.facebook.com/aquaponiams/

 

A ordem de digitação acima, é aleatória

A EN2 – estrada nacional 2, é via mais extensa do país, com 738,5 quilómetros e “terceira estrada mais extensa do mundo”. Liga as cidades de Chaves (km 0) a Faro, passando por: 11 distritos:  Vila Real, Viseu, Coimbra, Leiria, Castelo Branco, Santarém, Portalegre, Évora, Setúbal, Beja e Faro, 8 províncias (Trás-os-Montes e Alto Douro, Beira Alta, Beira Litoral, Beira Baixa, Ribatejo, Alto Alentejo, Baixo Alentejo e Algarve)32 municípios, 4 serras e 11 rios. 4 serras e 11 rios A Estrada Nacional Nº 2 é uma “estrada histórica, que junta a Estrada Real 5, 7, 8 e 17 e que em 1945 deu origem, no primeiro Plano Rodoviário Nacional à EN2” Passa por quatro áreas protegidas e por quatro monumentos considerados património da humanidade pela UNESCO.
rua Central,39  Custilhão 3600-270 Castro Daire  | 934 609 221  - 232 374 088 |  GPS N40º55´32.5"  O7º54´24.4"

Pouso da Serra na rota da estrada nacional 2  .                registado no INPI nº 560816           criação de J. Carvalhal 2016